E-commerceMarketingNegóciosRedes SociaisTodos

10 principais erros de Marketing Digital que você não pode cometer

Compartilhe

Wow, o Marketing Digital para E-commerce é o primeiro passo após criar sua Loja Virtual.
Responsável por levar tráfego, induzir as vendas e facilitar ao máximo o processo de compra, as técnicas de Marketing Digital podem proporcionar muito sucesso ao seu negócio. Porém, se não usadas da melhor maneira, podem prejudicar muito a empresa. Para que você não os cometa, separamos essa lista:

10 principais erros de Marketing de Digital para e-commerce:

1. Falta de Planejamento Financeiro

10 principais erros de Marketing Digital que você não pode cometer

Planejamento é alma do negócio. Não se planejar é um erro gravíssimo.
Para iniciar e prosseguir com um trabalho efetivo de Marketing Digital, é necessário ter um planejamento financeiro. É essencial saber o quanto a empresa precisa investir e quanto precisará investir nos próximos meses/anos.

O investimento na divulgação da loja é imprescindível para levar tráfego e gerar vendas.
Lembre-se que a verba destinada em Marketing Digital é um investimento e não um gasto. Se investe para obter um retorno ainda maior.

2. Falta de Planejamento de Ações

Falta de Planejamento de Ações

Algumas ações de Marketing Digital são feitas no momento. Surgiu a oportunidade, corra para pegar o gancho! Chamamos de Marketing de Oportunidade, quando viraliza um meme ou alguma notícia de algo surpreendente.
Porém, no mais, é importante ter um planejamento. Para manter uma frequência de ações e aproveitar datas importante.

Imagine a seguinte situação, você tem uma loja de presentes personalizados e se esquece do Dia dos Namorados, lembrando em cima da hora, quando toda a concorrência já está vendendo. Falta de planejamento!

Saber antecipadamente as ações que irá realizar, proporciona tempo para conseguir condições especiais com fornecedores, negociar frete grátis, encontrar brindes bacanas e muito mais.
O planejamento deve estar sempre um passo à frente!

3. Não pensar no cliente

Não pensar no cliente

Você não está vendendo para si mesmo, está tentando vender para seu consumidor. Pense nele!
Tudo deve estar de acordo com o público, o layout do site, os banners, navegação, linguagem utilizada, ou seja, toda a comunicação deve conversar com quem realmente interessa.

Se o cliente em potencial entrar em sua loja e não se identificar, ele sai e cai direto em seu maior concorrente. Evite isso ao máximo!

O ideal nesse caso é criar uma persona, com todas as características mais marcantes de seu consumidor. Fica mais fácil criar ações efetivas conversando com apenas um cliente. Dependendo de seu nicho, seu negócio pode ter mais de uma persona e isso é ótimo. Mais oportunidades de vender ainda mais!

4. Não trabalhar com Inbound Marketing

Não trabalhar com Inbound Marketing

Não investir em conteúdo? Grande erro!
O Inbound Marketing é uma técnica que atrai clientes através da criação de conteúdo relevante.

Geralmente feito através de blogs, redes sociais, e-mail, e-books ou infográficos, busca atrair os clientes através dos buscadores, principalmente o Google. É uma maneira incrível de atrair o cliente através de um termo de busca e depois direcioná-lo para dentro de sua loja.

Se engana quem pensa que tem e-commerce não precisa gerar conteúdo. Além de o Google adorar lojas que geram conteúdo e melhore sua indexação, (falaremos sobre no próximo tópico) conteúdo relevante aumenta a confiança do cliente na marca. E é possível gerar conteúdo rico trabalhando com qualquer nicho.

5. Ignorar técnicas de SEO

Ignorar técnicas de SEO

Já ouviu falar de SEO?
SEO são um conjunto de técnicas responsáveis por indexação e ranqueamento nos buscadores. É uma maneira gratuita de aparecer nas primeiras posições do Google.

Isso mesmo, é gratuito! E é por isso que você não pode deixar de realizar. Aparecer nos primeiros resultados orgânicos é garantia de cliques e conversão, pois os clientes confiam muito mais nesses resultados.

Porém, exige muita dedicação e tudo é passível a teste. Costumados dizer que SEO não é uma receita de bolo, pode variar de nicho para nicho, de loja para loja, ou até de plataforma.

As técnicas devem ser aplicadas no texto dentro do site e nos textos que aparecerão nas buscas do Google, como: Meta title, meta description e keywords.
Se precisar temos o serviço de Gestão de Links Patrocinados para seu Site aparecer na primeira página do Google, dê uma olhada.

6. Concentrar todos os esforços em uma Mídia

Concentrar todos os esforços em uma mídia

Investir apenas em uma mídia é perder muitas oportunidades!

Se sua loja possuí produto para jovens e eles estão nas redes sociais, não significa que você precise investir apenas isso. É claro que talvez sua maior concentração de investimento esteja aí, porém, é necessário abrir os horizontes.

Você deve impactar seu cliente ideal em diferentes lugares e com uma boa frequência, além de conseguir atrair um público diferenciado investindo em várias mídias.

Conhecer os principais canais de Marketing é primeiro passo para distribuir o investimento da maneira correta. E sim, apesar do que falam, as mídias Off ainda dão muito resultado, principalmente OOH (Mídia Exterior).

7. Não analisar os resultados

Não analisar os resultados

Não sabe se o investimento está tendo o retorno esperado?

Você precisa analisar os resultados e essa é a hora de olhar para coisas como elas realmente são. Sem vaidade, analise os resultados que de fato importam, e não as curtidas daquela foto no Instagram.

É evidente que o engajamento é importante, mas o que adianta milhares de curtidas e comentário se as vendas não estão acontecendo? É investimento indo para o lugar errado.

Analise as métricas mais importantes e veja o que precisa ser alterado para gerar os resultados esperados. Como principais métricas, podemos considerar: Sessões, usuários, rejeição, captação, conversão de vendas, faturamento, taxa de aprovação e abandono de carrinho.

8. Tirar o olho da concorrência

Tirar o olho da concorrência

Jamais tire o olho da concorrência, monitore passo a passo!

Para copiar? Claro que não, para fazer melhor ou muitas vezes, aprender o que não fazer.
Perder a concorrência de vista pode te fazer perder oportunidades incríveis.

Fique atento ao site, redes sociais, comentários, sejam eles positivos os negativos, e até no perfil do Reclame Aqui na empresa. Essa é uma ótima maneira de se destacar deles.

9. Ignorar a necessidade de evolução do site

Ignorar a necessidade de evolução do site

Nenhum site estará 100% perfeito o tempo todo.

Embora o trabalho de implementação tenha fica redondo, ao decorrer do tempo, as mudanças serão necessárias.
Isso porque pode ocorrer algum erro, a plataforma pode lançar uma nova funcionalidade, a usabilidade do cliente pode mudar, ele pode ter outras necessidades, movimentação de mercado…

Enfim, uma infinidade de mudanças pode ser exigida ao decorrer do tempo e você não pode ignorá-las.
A evolução será responsável por sempre manter seu site com um alto padrão e boa experiência de compra para o cliente.

Você ainda não tem um Site? Podemos fazer um pra você. Confira nosso Planos.

10. Comprar lista de e-mails

Comprar lista de e-mails

Você compra lista de e-mails? Pare com essa prática antes que aconteça um desastre irreparável!

Os provedores de e-mail também prezam pela boa experiência de seus usuários, por isso, mandam diretamente para o spam e-mails com conteúdo irrelevante.
Enviar e-mail marketing para usuários que não autorizaram o recebimento, é um tiro no pé. Consequentemente, essas pessoas começarão a denunciar o remetente (ou o próprio provedor identificará a prática) e seus novos e-mails serão enviados diretamente para o spam. Até que você não conseguirá mais sair dele.

Quando entrar na blacklist de um provedor, seus destinatários nunca mais receberão seus e-mails. E devemos adiantar que sair de uma blacklist é uma missão quase impossível.

Erro Bônus

Corte de verba de Investimento

Corte de verba de Investimento

O orçamento está apertado e diminuir a verba de investimento parece a melhor solução?
Pense bem!
Embora pareça uma boa ideia a princípio. Diminuir ou cortar a verba de investimento pode fazer com que as vendas diminuam drasticamente, impactando diretamente no faturamento da loja. Nesse caso, vale pensa em ações para aumentar o faturamento do e-commerce e não corta a verba de investimento que leva tráfego para lá.

Agora que você já conhece todos esses erros que vão prejudicar seu faturamento, fuja deles imediatamente!

Abração,

Fred Freitas | Diretor de Arte e Redator

PS: Se você realmente gostou desse conteúdo, fica meu convite para nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Criação de Site Profissional | Viraliza

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *